Domine o modo manual da sua câmera fotográfica

Câmera em modo manual

Se você quer ser um fotógrafo de verdade, esqueça o modo automático da sua câmera. Ele só serve para quando você pede alguém para tirar uma foto sua.

Fotografar em modo manual é ter o controle total da fotografia. Você define a melhor abertura, tempo de exposição e ISO. Aqui não existe certo ou errado e sim o resultado que você quer obter.

Quando se fotografa em modo manual é você quem decide o que é mais importante para a imagem a captar: a profundidade de campo, a duração da exposição e/ou a quantidade de ruído. Geralmente deseja se a menor quantidade de ruído, por isso selecione o menor ISO possível. Agora, se o controle de profundidade de campo for crucial, como em uma fotografia de paisagem, quando precisamos de maior profundidade de campo, ou em um retrato, quando o ideal é diminuir a profundidade de campo para obter um fundo desfocado, defina a abertura primeiro. Se a duração da exposição for essencial, defina a velocidade do obturador primeiro, lembrando que velocidades rápidas congelam o movimento ao passo que velocidades lentas criam arrastro.

Veja como controlar os 3 pilares da fotografia para obter o efeito desejado

Depois de traçar o seu objetivo e definir o primeiro parâmetro, configure os outros dois para ajustar a exposição correta da imagem. Verifique se a imagem não está subexposta ou sobre-exposta através do gráfico do fotômetro da sua câmera.

O plano de fundo altera a fotometria da imagem

Apesar de simples, fotografar em modo manual pode ser desafiador, pois o menor detalhe pode mudar toda a configuração da câmera. Um bom exemplo disso é o plano de fundo, que mesmo não sendo o assunto a ser fotografado interfere diretamente no resultado final.

Por exemplo, imagine que você está fotografando um avião decolando em um dia nublado. Ao avançar pela pista, a exposição será, em geral, neutra. Contudo, quando o avião começar a subir o céu brilhante, que passa a compor o fundo, exigirá um ajuste na exposição.

Plano de fundo escuro

Plano fundo escuro

Exposição automática
1/5 seg, f/11, ISO 1.600
Ao utilizar a “Prioridade de Abertura” e medição matricial, a câmera faz uma tentativa para clarear o plano de fundo sobre-expondo a imagem.

Exposição Manual
1/13 seg, f/11, ISO 1.600
Ao fazer a medição pontual à folha a meio-tom e definir a exposição manualmente, os tons estão colocados corretamente. A folha aparece a meio-tom e o plano de fundo fica mais escuro.

Plano do fundo a meio tom

Plano fundo meio tom

Exposição automática
1/13 seg, f/11, ISO 1.600
A prioridade de abertura e a medição matricial tratam da cena a meio tom. A medição é a mesma obtida no modo manual.

Exposição manual
1/13 seg, f/11, ISO 1.600
Com a luz consistente entre cenas, não há necessidade de ajustar a abertura, velocidade de obturação ou ISO. O resultado é uma exposição quase idêntica à anterior.

Plano de fundo claro

Plano fundo claro

Exposição automática
1/60 seg, f/11, ISO 1600
Com a medição matricial o fundo fica subexposto, pois a câmera tenta colocar a imagem a meio tom. Como resultado a folha também ficou subexposta em 2 stops.

Exposição Manual
1/13, f/11, ISO 1.600
Como a exposição está fixa, a grande extensão do plano de fundo branco não influencia o aspecto da folha.

Post
Domine o modo manual da sua câmera fotográfica
Título
Domine o modo manual da sua câmera fotográfica
Descrição
Se você quer ser um fotógrafo de verdade, esqueça o modo automático da sua câmera. Ele só serve para quando você pede alguém para tirar uma foto sua.
Autor
Blog
Blog Olha o Passarinho
Logo
Domine o modo manual da sua câmera fotográfica
5 (100%) 1 vote

Se gostou, compartilhe!
Email this to someoneShare on Facebook1Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on Tumblr0Pin on Pinterest1Print this page

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *